Este sistema consiste num conjunto de movimentos/posturas, uma coreografia de defesa pessoal, que combina uma sequência de ataques, desvios, defesas, derrubes e pontapés executados de uma forma lenta, sequencial e precisa, sendo que a sua eficácia reside na capacidade que temos ou não de dominar e tirar proveito da energia vital (chi). 

A adopção desta prática diariamente permite-nos descontrair a cada dia que passa e assim encontrar a nossa forma pessoal de executar os movimentos, adequando a nossa respiração ao esforço num encadeamento natural e fluído.

Durante a prática é cultivada a boa postura do corpo, disciplinando-o, e a elevação do espírito de forma a trazer de volta a organização inicial do plano físico e espiritual. É promovida a eficiência energética através da estabilização dos pólos de energia yin eyang com movimentos suaves que têm impacto em todas as funções fisiológicas e sistemas orgânicos do corpo, com ganhos sólidos de vitalidade, flexibilidade, bem-estar psicológico, confiança, auto-estima e conexão com o todo.