A “lei dos três” ilustra a três forças presentes em todas as ações: força de iniciação ou de afirmação, força de desenvolvimento ou de resistência e a força de harmonização ou reconciliação. Já a “lei dos sete” refere-se aos passos necessários para alcançarmos os nossos objectivos.