Ipad, Aprendizagem, Comprimido
 

Com o crescimento do uso da Internet, dos telemóveis, tablets e dos dispositivos ligados por Wi-Fi, as crianças/adolescentes conseguem aceder a plataformas e conteúdos a qualquer altura do dia ou da noite e a partir de qualquer lugar. Basta que estejam ligados.

Esta “navegação na web” representa oportunidades positivas e tem benefícios, pois as crianças/adolescentes podem utilizar a Internet para fazer os trabalhos de casa, conversar com os amigos, partilhar conteúdos, fazer vídeos musicais, carregar vídeos, jogar, visitar salas de chat, utilizar sites de partilha de ficheiros e muito mais.

Mas também sabemos que as crianças/adolescentes deparam-se com riscos online. O Conselho da Europa alerta para algumas formas de Proteção online das crianças/ adolescentes, na era da “parentalidade digital”:

“ › Comunicar abertamente com os seus filhos;

› Envolver-se regularmente nas atividades dos seus filhos na Internet;

 › Proteger ativamente a reputação e identidade digitais dos seus filhos;

 › Aprender, juntamente com os seus filhos, quais são as oportunidades que a Internet representa;

› Proteger os seus filhos contra os perigos que a Internet representa;

› Transpor as suas competências parentais para o mundo online.” (OPP, 2017)

 

Os mais pequenos podem não ser tão ativos online como as crianças mais velhas ou adolescentes, mas os pais devem estar atentos ao tempo que elas passam em frente do ecrã ou aos conteúdos dos sites e jogos em que elas se envolvem.

A bem da segurança e proteção de crianças e adolescentes!