20 dicas para cultivar a meditação

cordel coracao
 
20 dicas práticas de Jon Kabat-Zinn - fundador do sistema MBSR (mindfulness-based stress reduction) - para começar ou aprofundar uma prática pessoal de meditação. São ensinamentos muito fáceis de aplicar, mas verdadeiramente transformadores para si. Indispensáveis em qualquer processo de desenvolvimento pessoal.
serenidadeO nosso “piloto automático” impede-nos muitas vezes de observar as sensações tal como são, porque nos perdemos em pensamentos que elas nos despertam, isto é, ficamos a observar, a comentar, a julgar as consequências e os sintomas e as causas acabam por passar despercebidas. Para ultrapassar este desafio que ocorre durante a prática meditativa, podemos colocar uma espécie de etiqueta nas nossas observações, pensando numa palavra que descreva sumariamente a experiência daquele momento e utilizá-la quase como se fosse um mantra, até que surja uma nova sensação. Por exemplo se nos está a sentir alguma dor física podemos dizer “dor, dor”. Se nos está a chegar algum sentimento de raiva dizemos “raiva, raiva”. Com isto focamos a atenção na sensação de cada momento, sem nos apegarmos a ela, ficando sempre atentos à próxima sensação que surgir. 
mongeA palavra meditação pode assumir significados diferentes para pessoas diferentes.
 
Para algumas pessoas significa acalmar a mente, para outros significa um período de tempo fora da realidade quotidiana, para outros significa entrar num estado mental mágico, dando largas ao imaginário. Para nós significa de tudo isso e um pouco mais. Um estado de relaxamento profundo em que a mente se concentra e se foca com a consciência plena de tudo o que passa na nossa mente e à nossa volta, aguçando a percepção.
 
formacao meditacao

A prática meditativa não é como uma droga que nos conduz imediatamente a um estado de bem estar. Por vezes, durante a prática, podemos não nos sentir propriamente calmos e pacíficos e temos que lidar com estados dolorosos profundos que surgem do nosso inconsciente e que nos demonstram sentimentos de dor, desconforto, raiva, preocupações, desejos reprimidos, etc.. Isso é normal e até podemos dizer que benéfico. 

A palavra metta significa amor bondade ou amor compassivo e refere-se ao desejo de que todos os seres sejam felizes, um amor universal, ilimitado, que transcenda todo o tipo de barreiras.
 
A prática regular da meditação metta, ou amor-bondade é um instrumento de cura, ajudando a reduzir a impulsividade, a raiva, o ódio e os rancores e promovendo virtudes como a compaixão, alegria, altruismo e equanimidade. Também ajuda a promover paciência, tolerância, gratidão e acima de tudo o perdão. O perdão é um factor de suma importância na libertação de bloqueios emocionais, tais como os rancores e os remorços. Dedica algum tempo a conhecer a meditação metta.

telefone_metta.png

próximas meditações

Não há eventos programados

seguir redes sociais

Fundamentos da meditação

Recursos gratuitos para começares a meditar ainda hoje

Eventos de meditação

Reflexões sobre meditação