Neste artigo vamos falar sobre crescer e amadurecer.

O que é que é isto do crescimento e amadurecimento.

O que é que significa crescer?

Será que crescer significa ficar maior? Será que crescer significa ter mais coisas? Será que crescer significa poder fazer mais coisas? Ou será que crescer significa ter mais habilidades?

Há muitas pessoas que pensam que o crescimento pessoal e individual tem a ver com alguma destas coisas, mas, na verdade, o crescimento humano significa a evolução da consciência. Repara que o crescimento em conhecimento e sabedoria não é proporcional ao crescimento da competência, mas da maturidade. 

O crescimento da pessoa dá-se quando a pessoa alcança níveis superiores de maturidade. E maturidade não significa quanto tu viveste, significa quanto tu aprendeste, quanto é que tu foste capaz de recolher ao longo desta linda caminhada, que é a vida.

Nós vamos todos tendo experiências e vamos todos tendo diferentes situações no nosso dia-a-dia, e a forma como as integramos e aquilo que retiramos destas situações acaba por se consolidar nesta oportunidade.

Há uma frase que eu gosto muito de repetir, que te deves lembrar de capítulos anteriores. Vou repetir para te dar mais uma oportunidade de a reter e de refletir sobre ela: 

“O homem não nasce pronto para se ir gastando, ele nasce não pronto para se ir construindo” 

Mário Cortella 

Construir-se precisamente neste sentido da maturidade. Não significa quanto viveste, mas significa quanto aprendeste. A maturidade não se adquire com a idade, mas com a disponibilidade para a aprendizagem. 

A consciência significa perceber as coisas da vida de uma forma neutra, de uma forma independente, de uma forma transparente.

Muitas vezes, a nossa consciência é muito presa pelas nossas emoções e muito presa pela nossa reatividade. 

Mas é preciso, de facto, desenvolvermos a capacidade para discernir, para ter bom senso, para podermos, de facto, julgar com consciência, se fizermos algum julgamento, fazer um julgamento neutro, um julgamento consciente, vendo as coisas como elas realmente são. 

E como é que se pode medir a maturidade? A maturidade não pode ser medida em termos quantitativos. Não conheço um teste que tu possas fazer e dizer que tens este nível ou aquele nível de maturidade, mas a se houver, a medição terá que ser forçosamente qualitativa.

A qualidade da nossa maturidade vai-se avaliar pela atitude que nós temos em relação à vida e isto é muito no dia-a-dia, muito na construção que fazemos no dia-a-dia, da forma como nós vamos reagindo às coisas, quer positivas quer negativas que nos vão surgindo.

Fala-se muito reação assertiva. E aqui introduzimos este conceito de assertividade - que vamos explorar mais à frente. Para já, importa referir que essa a assertividade da reação se torna evidente perante os estímulos que a vida nos vai oferecendo, quer sejam positivos ou negativos. 

Para saberes mais sobre a importância de ter maturidade carrega AQUI.